Como turbinar o seu inglês aproveitando as tecnologias que já usamos no dia a dia

/COMUNICAE/

/COMUNICAE/

Para muita gente, aprender um novo idioma ou obter fluência é uma grande barreira. Os motivos vão desde a pressão profissional e acadêmica até a dificuldade de entender a língua. E, já que vivemos o tempo todo conectados, recebendo uma avalanche de informações, a falta de foco e disciplina pode atrapalhar ainda mais o estudante. Então, o melhor a ser feito é aproveitar as novas tecnologias que já fazem parte do dia a dia para praticar uma nova língua de maneira fluída. Na Era da Informação, muitos conteúdos podem ser encontrados e acessados a partir de computadores e dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

A professora Carla D´Elia, mestre em Inglês pela USP e fundadora da Expresse Consultoria de Idiomas, incentiva os estudantes a usarem aplicativos e sites para praticar um novo idioma. “O inglês de sala de aula é essencial para aprender uma nova língua, mas ele pode e deve ser complementado com atividades extraclasse. Não se trata apenas da homework e sim de uma atividade prazerosa e divertida, que gera algum interesse no aluno e o ajuda a manter uma rotina agradável de estudo”, afirma a professora.

Confira agora algumas dicas da Carla D´Elia para usar a tecnologia na prática de inglês, que também podem ser aplicadas para outros idiomas:

1) SUA REDE SOCIAL COTIDIANA PERSONALIZADA PARA VOCÊ
Redes Sociais: um estudo realizado pelo Facebook indica que 3,2 bilhões de pessoas estão conectadas à internet no mundo! Se você curte navegar nas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn, Snapchat etc.), basta seguir páginas com conteúdo em inglês. Pode ser a página de sua banda favorita em inglês, um autor, um influencer, um chef … alguém que produza informações interessantes para você. Para quem quer acompanhar notícias, recomendo seguir o Mashable. Assim, ao acessar sua rede social favorita, automaticamente você entrará em contato com a língua inglesa, seja em forma de texto escrito, vídeo ou áudio.

2) SUA BANDA FAVORITA CONVERSANDO COM VOCÊ
YouTube: se ainda não tiver um login, se cadastre e comece a seguir canais com conteúdo em língua inglesa. Pode ser uma banda ou cantor, blogueiros que abordam tópicos de seu interesse etc. Se quiser seguir um canal de ensino de inglês, recomendo BBC Learning English. Lá você encontra vídeos diários sobre vocabulário, gramática, notícias e pronúncia.

3) VÍDEOS EM INGLÊS DIRETO NO SEU CELULAR
ABA: para quem gosta de aprender com vídeos, o ABA English é um app subdividido em níveis, do básico ao avançado, com filmes curtos sobre diversos tópicos. Após cada vídeo, você pode praticar também, gravando as falas de cada filme com sua própria voz. A versão gratuita traz isso e muito mais.

4) UM ASSISTENTE QUE TE LEMBRA DE ESTUDAR
Duolingo: é um ótimo app para quem tem dificuldade de criar uma rotina de estudos. Sabe por quê? Ele vai te lembrar todos os dias de exercitar um pouquinho e trazer o inglês para o seu cotidiano.

5) PALESTRANTES INOVADORES PARA ASSISTIR OFFLINE
TED Talk: com o app, você consegue baixar as suas TED Talks favoritas (com ou sem legendas) para poder assistir off-line. Você escolhe o tópico de sua preferência e tem, na palma das mãos, conteúdo de altíssima qualidade.

6) SEU DICIONÁRIO PERSONALIZADO
The Free Dictionary: existem vários apps de dicionário, mas a vantagem deste é que você pode sincronizá-lo em diversos dispositivos. Você pode tornar favoritas algumas definições, ouvir a pronúncia das palavras e até consultar verbetes enciclopédicos das mesmas.

7) FALE DIRETAMENTE COM O APP
Merriam-Webster: o que mais gosto do app desse dicionário superconsolidado é o reconhecimento de voz: você pode falar a palavra e ele busca o significado para você. É uma maneira ótima de treinar pronúncia.

8) PODCASTS PARA OUVIR A CAMINHO DO TRABALHO
LearnEnglish Podcasts: este app traz diversos podcasts para quem quer praticar o listening com mais frequência. De quebra, você ainda pode acessar o texto de cada áudio para conferir o que foi dito. Sugestão: se o seu objetivo é melhorar o listening, deixe para ver as transcrições de áudio após tê-lo escutado várias vezes.

As sugestões acima são apenas alguns exemplos de uma lista bem longa de ferramentas que podem ser utilizadas como auxiliares no desenvolvimento da sua fluência. Carla D´Elia reforça “pense em como você aproveita as ferramentas digitais que você já utiliza para ajudá-lo a se expor mais ao idioma que pretende aprender.”

A professora também criou o canal Save Me Teacher no YouTube focado em dicas de como usar as diversos recursos tecnológicos para praticar inglês. Em sua consultoria de idiomas, Carla D´Elia e sua equipe ministram cursos de inglês, espanhol, francês e alemão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *