Photoshop afinal, eu preciso disso?

/COMUNICAE/

/COMUNICAE/

É uma dúvida muito comum entre os iniciantes ou até mesmo para quem tem a fotografia como hobby, afinal, é preciso realmente entender de pós-produção, edição de imagens, dominar Photoshop , Lightroom

Sim e não. Será que as melhores fotografias são aquelas tiradas por quem sabe manusear uma câmera melhor do que ninguém? Evidentemente, este fator ajuda e muito para que uma foto saia perfeita no exato momento em que ela está sendo tirada.

Afinal, sem conhecimento sobre as técnicas de iluminação, enquadramento, padrão, cenário entre outros, uma foto só sairia boa somente por força do acaso, não é?

Mas a resposta para a pergunta, ainda assim é: depende. Atualmente, são poucos os profissionais da fotografia e quase nenhuma agência de publicidade, jornalismo entre outros que usam imagens que dispensam a edição final.

E aqui existem alguns motivos para isso, principalmente na fotografia profissional feita em RAW, onde é necessária a revelação digital.

Essa edição final também é feita para melhorar a qualidade da imagem ou até mesmo alterá-la tirando ou acrescentando efeitos, personagens e objetos da foto. Tudo graças às ferramentas de aplicativos criados especialmente para isso como o “Adobe Photoshop”.

Mas, se você não pretende vender suas imagens ou usa câmeras compactas, que cada vez mais trazem avanços tecnológicos que processam a imagem final, provavelmente eles serão desnecessários.

Agora, se pretende entrar no mercado fotográfico e se as empresas que contratam os serviços de fotógrafos não deixam nenhuma foto passar sem uma edição, por que não esta edição ser realizada por você mesmo?

Lembrando aqui, que se você trata diretamente com o cliente final, você vai ter que desenvolver essa habilidade, mas eu garanto que quanto mais você dominar seu equipamento e os princípios da fotometria, com menos pós-produção você terá que se preocupar!

Editar uma imagem no Photoshop não é uma forma de trapaça.

Ainda gera desconforto em muitos fotógrafos realizar o tratamento de suas imagens antes de enviá-las para seu cliente. Alguns pensam que a foto tem que sair perfeita na hora de tirá-la, e eu me incluo nessa lista, mas a realidade é que nem sempre você tem condições técnicas para isso, às vezes é a lente, ou a câmera, ou até mesmo o lugar que impedem que você obtenha “a foto” de cara, mas meu conselho é que você jamais faça uma foto pensando que depois você pode corrigir, tente acertar de primeira, porque a ideia é sempre melhorar, se você tem um cliente e consegue corrigir 300 fotos, quando você tiver 300 clientes, não vai conseguir.

Eu particularmente, sempre aviso ao meu cliente que eu não manipulo fotos, e sim revelo digitalmente, mas é claro que isso não é uma regra e de comum acordo, podemos manipular as fotos para que o cliente fique feliz.

Eu escuto muito em eventos as pessoas ficarem tranquilas porque sabem que qualquer coisa, eu passo “um Photoshop”, e aqui tem que ficar claro que são dois tipos diferentes de trabalho, apesar de hoje em dia estar subentendido que todo fotógrafo domina as técnicas de manipulação, isso não é verdade e nem deveria ser uma regra. São trabalhos completamente distintos.! E devem ser cobrados de acordo.

O fotógrafo não tem obrigação de ser designer, mas faz parte do seu trabalho atualmente saber revelar fotos digitalmente, até conheço colegas que sucumbiram à fotografia digital por essa inabilidade, mas que dominavam incrivelmente as revelações analógicas, e naquela época muitas vezes a gente encontrava um “birô” de revelação que fazia um trabalho que você gostasse, mas atualmente ou você faz o trabalho, ou paga para alguém fazer.

Ah, então você não retira a bendita espinha que apareceu no nariz da noiva? Sim, retiro, tenho uma regra pessoal que é manipular aquilo que é transitório. Você às vezes esperou uma vida inteira para aquele momento específico, não vou deixar de colaborar para sua eterna “boa” lembrança, encaro como generosidade fotográfica .

Mas, quando estou fazendo alguma produção em estúdio, por exemplo, e escuto a produtora dizer para modelo não se preocupar com a roupa amarrotada que eu corrijo no Photoshop, eu deixo claro que sim e por quanto, e normalmente um ferro de passar acaba resolvendo a questão.

A tecnologia está aí e veio para ficar, se você não fizer, alguém fará, muitas vezes até o próprio dono da foto e isso não é trapaça. Mas, é sempre bom anunciar a mudança, por mínima que seja, afinal, o próprio fotógrafo ou um editor de imagens, designer gráfico, etc., vão realizar o serviço de tratamento de imagens, além de uma seleção das melhores fotos antes de entregar o produto final. E pode confiar, a satisfação que você proporciona ao cliente é muito maior do que entregar às vezes sem edição nenhuma.

E como em tudo, bom senso, nada de manipular resultados para campanhas publicitárias.

Photoshop

O Photoshop é o programa mais utilizado em edição de imagens. Já criou uma fama em alteração de imagens na rede, mas a verdade é que depende de cada profissional o quanto ele usará a edição da foto para o bem ou para o mal.

Se for usado com responsabilidade, os filtros podem fazer ótimos realces na imagem. Tanto na iluminação quanto no enquadramento dos objetos e pessoas fotografadas.

Alterações leves, nada mais do que aumentar ou diminuir a claridade, níveis de sombra e o brilho da foto.

Sempre que posso acompanho o PS Disasters, (somente uma foto pode ser utilizada) sempre fico impressionada com cada coisa absurda que é “cometida”, mas aí eu me lembro do dia que precisava entregar 315 fotos editadas e que uma das principais estava com uma pessoa cortada ao meio (devido à lente usada, distância, ângulo, coisas que você conhece bem) e não tinha outra opção a não ser retirar a pessoa completamente… e teria sido trágico se depois de colocar no ar às 3:00 da manhã, eu não tivesse percebido que havia esquecido uma mão sozinha perdida no ombro do contratante… é, acontece.

Eu ri muito e entendi por que esse tipo de coisa acontece

Você encontra essa e outras dicas de Fotografia no site Foto Dicas Brasil.
www.FotoDicasBrasil.com.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *